Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(Retornando às origens...) ACENTO DIFERENCIAL... (?!) A G U D O.


                           Quando falamos em ACENTO DIFERENCIAL, vem-nos, de imediato, à memória o ACENTO CIRCUNFLEXO.

                           E o emprego desse acento circunflexo, como acento diferencial, ocorre em exemplos como...

                           PÔDE (forma verbal de pretérito), para diferenciar de PODE (forma verbal de indicativo presente); PÔR (verbo) para diferenciar de POR (preposição)...e assim por diante.

                           Ocorre, porém, que, COM A ÚLTIMA REFORMA ORTOGRÁFICA, a diferenciação entre uma forma verbal de indicativo presente para a forma verbal de pretérito passou a dar-se COM O EMPREGO DO ACENTO DIFERENCIAL (nomenclatura nossa) AGUDO.

                           Mas, isso só ocorre NA PRIMEIRA PESSOA DO PLURAL, com verbos de 1a. conjugação (os terminados em AR), com exceção de verbos irregulares.

                           (Há que se destacar que tal regra é aquela do tipo "QUE NÃO PEGOU", EMBORA DECIDIDO PELA REFERIDA REFORMA ORTOGRÁFICA. Nenhum professor de Língua Portuguesa, até onde temos conhecimento, tem praticado isso ou cobrado isso dos seus alunos).

                           Veja como se dá o emprego desse acento agudo diferencial :

                           Tomemos por base estes verbos REGULARES, de primeira conjugação :

                              1A. PESSOA PLURAL          1A. PESSOA PLURAL
VERBO                    INDICATIVO PRESENTE      PRETÉRITO PERFEITO
                              (NÃO LEVA ACENTO)         (LEVA ACENTO AGUDO)

Ganhar                    Ganhamos                        Ganhámos
Falar                       Falamos                            Falámos
Orar                        Oramos                            Orámos

                          Repetimos : tal princípio gramatical NÃO SE EMPREGA
AOS VERBOS DE 1A. CONJUGAÇÃO em que a primeira pessoa do plural
do indicativo presente é diferente da correspondente pessoa verbal no pretérito perfeito.

                                    Exemplo :

Dar                         damos                              demos


                                    Um bom dia a todos.

                         (Se não a totalidade, a grande maioria de nossas gramáticas ainda não fazem menção a este caso especial, no conteúdo gramatical ACENTUAÇÃO GRÁFICA ).

                           

pedralis
Enviado por pedralis em 03/06/2018
Código do texto: T6354111
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedralis
Salvador - Bahia - Brasil
3756 textos (4528350 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/18 03:14)
pedralis