Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bom dia ou bom-dia... E agora?

        O dicionário Houaiss da língua portuguesa registra as formas bom-dia, boa-noite e boa-tarde (com hífen) como cumprimentos para saudar alguém de manhã, à tarde e à noite.  São classificadas como substantivo masculino e as formas no plural são respectivamente “bons-dias, boas-tardes e boas-noites”.  Mas, será que isso encerra a questão? Acompanhem comigo o seguinte diálogo.

   _ Bom dia, queridos alunos!
   _ Bom dia, professor _ responderam alguns alunos de modo desanimado.
   _ Ah, mas que bom-dia fraco é esse? Vamos, eu quero um bom-dia bem forte.
   _ Bom dia, professor! _ Responderam os alunos, agora de forma ruidosa.
   _ Agora gostei.

        Complicou? Calma que a gente descomplica.
        Nas frases 1, 2 e 4, o cumprimento usual é uma saudação na prática, por isso dispensa o uso do hífen, pois o desejo expresso é que a pessoa tenha um dia literalmente bom. Já na frase 3, o professor apenas faz menção à forma de cumprimento, recuperando a característica de substantivo masculino.
        Geralmente essas expressões substantivadas são formadas com a ajuda de um artigo. Ex.: Ela nunca me deu um(artigo) bom-dia, um boa-tarde ou um boa-noite. Todavia, como vimos na mesma frase 3, o bom-dia, boa-noite ou boa-tarde substantivo masculino, pode não vir acompanhado do artigo.

        O principal aqui é que você compreenda e grave que, ao escrever uma carta, e-mail etc. e desejar que a pessoa tenha um dia, uma tarde ou uma noite literalmente boa, o emprego do hífen é desnecessário, ficando assim dispensado seu uso.  Quando, entretanto, o cumprimento aparece como uma menção, ou seja, um substantivo masculino, o hífen é obrigatório.

        Sendo assim, desejo a todos uma boa tarde e uma boa noite!







Texto inspirado numa mensagem enviada a uma amiga onde empreguei o hífen de maneira equivocada. Com isso faço justiça a ela rsrs. Nota do autor.

Aldrin M Félix
Enviado por Aldrin M Félix em 05/07/2018
Código do texto: T6382406
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aldrin M Félix
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 42 anos
400 textos (45160 leituras)
2 áudios (74 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/07/18 06:09)
Aldrin M Félix