Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aprenda Inglês Sem Gramática

Verbo “querer”

A tradução mais básica deste verbo é “to want”. Porém, em frases que expressa vontade, determinação, oferta ou pedido, traduz-se o verbo “querer” por “will” e “would”.

Eu quero ir para casa. – I want to go home.

Ele não quer falar com a mãe. – He does not want to talk with his mother.

Há duas espécies de devedores; os que não podem pagar, e os que querem pagar. – There are two classes of debters; those who cannot pay, and those who will not pay.

Ela não quer ir. – She will not go.

Você quer ficar para o chá? – Will you stay for tea?

Ele não quis ir conosco. – He would not go with us.

Quer tomar alguma coisa? – Would you like a drink?

Quer vir por aqui? – Would you come this way?

Ele não quer aperta a minha mão. – He would not shake my hand.

Por que ela não queria vir? – Why would she not come?

Verbo “ir” mais verbo no infinitivo

O uso do verbo “ir” junto de outros verbos é frequente em português, principalmente no tempo presente e passado. Há duas formas de traduzir este verbo em inglês. Quando “ir” expressa uma ação imediata traduz-se por “to be going to”, porém para expressar o futuro o correto é usar “will”.

Vamos vender a casa. – We are going to sell the house.

Íamos comer quando tocou o telefone. – We were just going to eat when the phone ring.

Ele vai cair! – He is going to fall!

Ele vai vir, não vai? – He will come, won’t he?

Vai ser difícil de concertar. – It will be difficult to repair.

Você vai estar aqui na próxima sexta? – Will you be here next Friday?

Verbo “Haver”

O verbo “haver” possui várias traduções em inglês, que é mister ter muito cuidado ao utiliza-lo na forma escrita ou na fala.

Quando “haver” significa “existir” é traduzido por “there to be” em inglês. Veja a seguir como este verbo é conjugado em português e inglês.

Presente – Present

há (singular) – there is (singular)
há (plural) – there are (plural)

Pretérito imperfeito – Past/Imperfect

havia (singular) – there was (singular)
havia (plural) – there were (plural)

Pretérito perfeito – Present perfect

houve ou tem havido (singular) – there has been (singular)
houve ou têm havido (plural) – there have been (plural)

Pretérito mais-quer-perfeito – Pluperfect

tinha havido – there had been

Futuro – Future
haverá – there will be

Futuro perfeito – Future perfect

terá havido – there will have been

Futuro do pretérito – Future in the past

haveria – there would be

Futuro do pretérito composto – Future perfect in the past

teria havido – there would have been

Presente potencial – Potential present

pode haver – there can be/there may be

Pretérito imperfeito potencial – Potential past/imperfect

podia haver – there could be/there might be

Pretérito perfeito potencial – Potential perfect

pode ter havido – there can have been/there may have been

Pretérito mais-que-perfeito – Potential pluperfect

podia ter havido – there could have been/there might have been

Presente do subjuntivo – Present subjunctive

que haja – that there to be

Pretérito imperfeito do subjuntivo – Past/imperfect subjunctive

se houvesse – if there were

Futuro do subjuntivo – Future subjunctive

se houver – if there to be/if there should be

Infinitivo/Infinitivo Impessoal – Infinitive/Impersonal Infinitive: haver – there to be

Infinitivo Perfeito – Infinitive Perfect: ter havido – there to have been

Gerúndio – Gerund: havendo – there being

Participo – Participle: havido – there been

Particípio Perfeito Composto – Perfect Participle: tendo havido – there having been

No sentido de “existir” traduz-se “haver” por “there to be” em inglês.

Há um gato debaixo da mesa. – There is a cat under the table.

Há muitas pessoas que gostam de aprender coisas novas. – There are many people who like to learn new things.

Haverá um acordo de paz. – There will be a peace agreement.

Havia duas mulheres sentada na calçada. – There were two women sat down on the sidewalk.

Deve haver leis mais rígidas. – There should be more strict laws.

Em frases que o verbo “haver” exprime desejo ou determinação não pode ser traduzido por “there to be”, mas por “will” e “would”.

Lembrando-se que o verbo “haver” quando traduzido por “will” e “would” só são usados nas primeiras pessoas do singular e plural.

Nunca hei de fazer coisa alguma que me faça corar de vergonha. – I will never do anything that will make me blush for shame.

Havia de lhe pagar se tivesse o dinheiro. – I would pay him if I had the money.

Hei de chegar lá. – I will get there.

Com certeza você há de convir que esta ideia é péssima. – I'm sure you will agree that this is a very bad idea.

Hei de realizar o meu sonho. – I will realize my dream.

Haveremos de vencer. – We will win.

Quando o verbo “haver” expressa a vontade ou ordem da pessoa que fala, traduz-se por “shall” ou “will”. Este emprego só se aplica nas segunda (você, tu) e terceira pessoas (ele, ela).

Ele há de fazer o que eu desejo. – He shall do what I wish.

Tu não hás de matar. – Thou shall not kill.

Quando o verbo “haver” é verbo auxiliar traduz-se por “to have” para traduzir os tempos compostos.

Haviam me dito que viriam. – They have told me they would come.”

Ele havia chegado a pouco. – He had just arrived.

Como não havia comido estava com fome. – I was hungry because I had not eaten.

Havíamos reservado o hotel com antecedência. – We had reserved the hotel in advance.

Eu já havia conversado com ele. – I had already talked to him.

Quando verbo “haver” expressa uma obrigação faz-se a tradução com “will”.

Há que esperar três dias. – You will have to wait three days.

Haveis de notar. – You will notice.

Quando “haver” expressa intenção é traduzido por “must” e “to be bound to”.

Ele há de desistir. – He must desist./ He is bound to desist.

Há que ser valente. – You must be brave./You are bound to be brave.

Quando “haver” expressa tempo cronológico é traduzido pelo pretérito perfeito contínuo (“have been doing” ou “has been doing”) e pretérito mais-que-perfeito contínuo (“had been doing”) em inglês.

Há uma hora que estou à sua espera. – I have been waiting you for the last hour./I have been waiting for you this hour.

Havia três horas que ele estava escrevendo quando cheguei. – He had been writing for three hours when I arrived.

Você mora aqui há muito tempo? – Have you been living here long?

Eles estão esperando há duas horas. – They have been waiting for two hours.

Há três horas que ele escreve. – He has been writing for the last three hours./He has been writing for three hours.

Quanto tempo havia que ele estava escrevendo quando cheguei? – How long had he been writing when I arrived?

Há quanto tempo você está morando no rio? – How long have you been living in Rio?

Há quanto tempo está à minha espera? – How long have you been waiting for me?

Estou esperando há dez minutos. – I have been waiting for tem minutes.

Quando “haver” em português é seguido dum nome de tempo e dum verbo com negação no tempo presente, indicando o espaço de tempo decorrido desde de que a ação teve lugar, traduz-se “haver” por “it is” e “que” por “since”, e o verbo seguinte é usado no imperfeito sem negação. Também pode-se começar a oração pelo verbo no imperfeito sem negação, seguido do nome do tempo, e “haver” se traduz por “ago” que é posto em último lugar.

Há um ano que não o vejo. – It is a year since I saw him./I saw him a year ago.

Há três anos que não vou lá. – It is three years since I was there./I was there three years ago.

Há dez anos que me casei. – It is ten years since I got married./I got married ten years ago.

Há um ano que ele partiu. – It is a year since he went away./He went away a year ago.

Traduz-se também “haver” pelo pretérito perfeito e pretérito mais-que-perfeito em inglês, quando na frase é expresso o ano (year), o mês (month), a semana (week) decorrida.

Ele morreu há uma semana. – She died a week ago.

Eles tinham se conhecido há dois meses. – They had met two months earlier.

Há anos que nos conhecemos. – We have known each other for years.

Há uma semana que estou aqui. – I have been here a week.

Há uma semana que não o vejo. – I have not seen him for a week./It is a week since I last saw him.

Há uma semana que ele partiu. – It is a week since he went away./He went away a week ago.

O verbo “haver” na expressão “há quanto tempo” é traduzido por “how long is it”.

Há quanto tempo saiu ele de Londres? – How long is it, since he left London?

Há quanto tempo faz que seu pai morreu? – How long is it, since your father died?

O verbo “dever”

Há três maneiras de traduzir o verbo “dever”. Existe “must” e “should” e “ought to”. Porém, é necessário analisar aqui como usa-los corretamente.

Traduz-se “dever” por “must” nos seguintes casos:

1. Quando o verbo “dever” expressa obrigação e proibição.

Você deve ser pontual sempre. – You must always be on time.

Devo chegar cedo no trabalho. – I must arrive early at work.

Você deve obedecer às regras. – You must obey the rules.

2. Quando o verbo “dever” expressa probabilidade.

Deve ser meia-noite. – It must be midnight.

Deve ter acontecido alguma coisa. – Something must have happened.

Você deve estar com fome. – You must be hungry.

3. Quando o verbo “dever” expressa conclusão.

O senhor deve ser Sr. Charles. – You must be Mr. Charles.

Traduz-se “dever” por “should” nos seguintes casos:

1. Quando o verbo “dever” indica probabilidade.

Ela deve chegar a noite. – She should arrive in the evening.

Eles já devem ter chegado. – They should be there by now.

2. Quando o verbo “dever” indica obrigação ou dever. Este emprego só se aplica nas segunda (você, tu) e terceira pessoas (ele, ela).

Os livros, como os amigos, deviam ser poucos e bem acolhidos. – Books, like friends, should be few and well chosen.

Devíeis ter me contado isto antes. – You should have told me that before.

3. Quando o verbo “dever” indica sugestão ou conselho.
Você não deveria dirigir depois de beber. – You should not drink and drive.

4. Quando o verbo "dever" indica necessidade.

Eu devo praticar mais esportes. – I should do more sport.

Traduz-se “dever” por “ought to” nos seguintes casos:

1. Quando “dever” expressa um dever ou uma obrigação imposta por leis sociais.

Você deve obedecer aos seus pais. – You ought to obey your parents.

2. Quando “dever” expressa conselho moral.

Ela não deveria ter feito isso. – She ought not to have done that.

Construções Verbais Ativas e Passivas

Em estruturas verbais com o pretérito imperfeito do verbo “estar” mais verbo no gerúndio e particípio em português, é traduzido pelo verbo “to be” no presente e passado mais prefixo “a” ligado por um hífen (-) ao gerúndio (-ing) em inglês.

O hotel estava sendo construído. – The hotel was a-building.
Existe outras estruturas verbais em português, que ao serem traduzidas para o inglês, faz-se uso do prefixo “a-” mais gerúndio (particípio presente). Lembrando-se que este uso só é permitido na linguagem poética, coloquial ou provinciana.

Ir à pesca. – To go a-fishing.

Ir à caça. – To go a-hunting.

Eu fui à pesca. – I went a-fishing.

Ele foi à caça. – He has gone a-hunting.

Infinitivo Flexionado ou Pessoal

O infinitivo pessoal é uma característica disponível somente na língua portuguesa. É alterável segundo a pessoa que ele coincide (falar, falarmos, falarem etc.).

falar – to speak
falarmos – to speak
falarem – to speak

O infinitivo pessoal é usado normalmente com alguns verbos particulares como “ver” (to see), “ouvir” (to hear), “deixar” (to allow), etc.... em orações que começam com “é...” (it is...) em vez do presente do subjuntivo e principalmente depois das preposições “de” (of), “por” (for), e “sem” (without).

Exemplos:

É melhor vocês não falarem nada. – It is better you do not say anything.

É melhor eles beberem outra coisa. – It is better they drink something else.

É melhor nós assistirmos a televisão. – It is better we watch TV.

O infinitivo pessoal tem um sujeito lógico, não expresso anteriormente. Se o infinitivo é o primeiro termo da oração, um verbo antecedente tem um sujeito diferente, a forma pessoal é usada. No entanto note, as exceções mencionadas abaixo.

Ao sairmos do hotel, demos de cara com o corpo de bombeiro. – As we left the hotel, we run into the fire department.

Eu admiro eles correrem tanto, sem se apartarem. – What surprises me is their running so far without separating.

É preciso combinarmos. – It is necessary for us to agree.

É capaz de nós irmos. – We may possibly go.

O subjuntivo de um verbo aparece depois dos seguintes verbos em português.

insistir – to insist
recomendar – to recommend, to advise
sugerir – to suggest
solicitar – to request
propor – to propose
pedir – to ask, to request
concordar – to agree
obrigar-se – to agree
implorar – to beg
determinar – to command, to decree, to order, to rule
exigir – to demand
ordenar – to order
mandar – to order
alegar – to plead
oferecer – to propose
preferir – to prefer
julgar – to rule

Exemplos:

Eu insisto que ela saia de casa agora mesmo. – I insist that she leave the house right now.

Recomendo que ele vá ao médico. – I recommend that he go and see a doctor.

Sugiro que você compre outro carro. – I suggest that you buy another car.

Eu solicito que vocês tirem os sapatos. – I request that you remove your shoes.

Ele pede que ela leia para as crianças. – He asks that she read to the kids.

Ele recomenda que ela seja hospitalizada. – He recommends that she be hospitalized.

O presidente insistira que eu respeitasse o cronograma. – The Chairman insisted that I keep to schedule.

Ele insistirá que ela limpe a casa. – He will insist that she clean the room.

O Sr. Smith recomendou que o advogado sênior fosse contratado imediatamente. – Mr. Smith recommended that the senior attorney be engaged immediately.

O advogado recomendou que o réu ficasse de pé quando o juiz entrasse. – The attorney recommended that the defendant be standing when the judge entered.

O presidente insistiu que eles não se atrasassem. – The Chairman insisted that they not stay behind.

O subjuntivo também pode aparecer depois das seguintes expressões em português.

ser importante – to be important
ser essencial – to be essential
ser fundamental – to be essential
ser vital – to be vital
ser imprescendivel – to be crucial
ser desejável – to be desirable
ser necessário – to be necessary

O uso destas expressões exigem o uso da conjunção “que” (that).
Exemplos:

É importante que você entenda a explicação dela. – It is important that you understand her explanation.

É essencial que escolham seus candidatos bem. – It is essential that they choose their candidates well.

Fora imprescindível que Pedro estivesse presente. – It was crucial that Peter be present.

É imprescindível que ele compareça à reunião. – It is crucial that he be at the meeting.

Fora imprescindível que ele comparecesse à reunião. – It was crucial that he be at the meeting.

Será imprescindível que ele compareça à reunião. – It will be crucial that he be at the meeting.

É imprescindível que ele não compareça à reunião. – It is crucial that he not be at the meeting.

É essencial que você esteja me esperando quando eu terminar. – It is vital that you be waiting for me when I finish.

É fundamental que a testemunha seja admitida. – It is essential that the witness be admitted.

O futuro do subjunto em português

Faz-se o futuro do subjuntivo em português com a conjunção “quando” (when) ou “se” (if). Em inglês, o futuro do subjuntivo é expresso de duas formas: usando o verbo no presente simples ou com o verbo modal “should”.

Quando eu parar de fumar. – When I give up smoking./When I should give up smoking.

Se ele vier, eu falo com ele. – If he comes, I talk to him.

Quando ele chegar em casa, me avise. – Whe he gets home, tell me.

Se nós formos embora amanhã, lhe enviaremos uma mensagem por email. – If we go away tomorrow, we will send you a message by email.

O subjuntivo aparece depois da expressão “Quem me dera” (I wish), “Já é hora de que” (It’s time, it’s high time) e do verbo “Preferir” (Would rather)

Quem me dera ele estivesse aqui. – I wish he were here.

Quem me dera eu fosse para Londres. – I wish I went to London.

Já era hora de que Carlos se aposentasse. – It's about time Charles retired.

Já é hora de que você e eu pudéssemos conversar a respeito disso. – It's high time that you and I had a chat about it.

Eu preferiria que você viesse em outra hora. – I would rather you came another time.

Marcos preferiria que as pessoas não soubessem sobre seus macacos de laboratório. – Mark would rather people didn't know about his test monkeys.

Autor Giljonnys
Enviado por Autor Giljonnys em 09/07/2018
Reeditado em 09/07/2018
Código do texto: T6385413
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Autor Giljonnys
Lago da Pedra - Maranhão - Brasil, 32 anos
24 textos (432 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/07/18 13:53)
Autor Giljonnys