Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Consequência "concordancional" (neologismo `vista?) pelo emprego de QUE e de O QUE.


                            O emprego de QUE ou O QUE pode provocar concordâncias verbais diferentes.

                            Veja em que contextos isso pode ocorrer :

                                       EXEMPLO 1

             "Na chuva de há pouco, muitos trovões e relâmpagos QUE
assustaram a população".

             Observe que a forma verbal "assustaram" está NO PLURAL para concordar com um antecedente formado de DOIS elementos (trovões e relâmpagos). E esses dois elementos também poderiam estar no singular (trovão e relâmpago) que, ainda assim, o verbo teria de estar no plural, conforme ensina uma das regras de concordância verbal.

                                    EXEMPLO 2

            "Na chuva de há pouco, muitos trovões e relâmpagos, O QUE
assustou a população".

            Aqui, como se observa, a forma verbal ("assustou") já passa a estar no singular, pelo fato de já não estar concordando com trovões e relâmpagos, mas com a locução O QUE , que força o verbo a ficar no singular. E força a ficar no singular porque esse "O QUE" é como que estivesse sendo substituído por ISSO ou TUDO ISSO. E, tanto "isso" como "tudo isso", são formas indicativas de singular.

                       
pedralis
Enviado por pedralis em 01/01/2020
Código do texto: T6831852
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
pedralis
Salvador - Bahia - Brasil
3901 textos (5324368 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/01/20 00:26)
pedralis