Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“Analizar para o Covid é expontâneo”.\Errei?\


Sim, errei na grafia.

Muita gente erra por causa da memória falha que associa a letra “x” de outras palavras (expectativa; externo; extraordinário, etc.), acabando por se influenciar e escrever um “x” no lugar do “s” (que é o correto) na palavra “espontâneo” ou “espontaneamente”.

Já o caso de se escrever “analizar” é uma questão de não se lembrarem de que esse verbo é originado de “análise” e, assim, não entra na regra do “izar”.

Neste caso, vamos ver um resumo da nossa “professorinha” Flávia Neves em: https://duvidas.dicio.com.br/analisar-ou-analizar/
ASPAS para ela.

// A forma correta de escrita da palavra é analisar, com “s”. A palavra analizar, com “z”, está errada. O verbo “analisar” indica o ato de fazer uma análise a alguma coisa, ou seja, examinar, observar, investigar, averiguar, sondar, avaliar, apreciar, criticar, esmiuçar, esquadrinhar, dissecar.
\\ ASPAS fechadas para a “professorinha”.
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Voltando aqui, o Tex.

Precisamos de um pouco mais de ajuda aqui.
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
ASPAS para o site ESCOLA KIDS.

//
A justificativa para este fato é que a palavra primitiva contém “s”, razão pela qual as palavras que dela derivarem também serão escritas da mesma forma.
(...)
Quando na palavra primitiva não houver a letra “s”, as palavras que dela derivarem serão escritas sempre com “z”. Vamos constatar que isso é uma verdade?
- ATUAL (palavra de origem) tem seu verbo em “ATUALIZAR”
- CANAL (palavra de origem) tem seu verbo em “CANALIZAR”
- ETERNO (palavra de origem) tem seu verbo em “ETERNIZAR”
- FÉRTIL (palavra de origem) tem seu verbo em “FERTILIZAR”
- SÍMBOLO (palavra de origem) tem seu verbo em “SIMBOLIZAR”
- ÚTIL (palavra de origem) tem seu verbo em “UTILIZAR”


\\ ASPAS fechadas para Vânia Duarte, Graduada em Letras, Equipe Escola Kids, em: https://escolakids.uol.com.br/portugues/terminacoes-isar-izar.htm

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

É isso aí, pessoal, pois sobre a parte médica do título eu não quero polemizar – um verbo que vem de “polêmica”, nem quero polinizar (que vem de pólen). Procurem assistir aos comunicados dos órgãos de saúde sobre aquele assunto do título. E façam isso espontaneamente.

Cuidem-se.









Tex Rocketann
Enviado por Tex Rocketann em 21/03/2020
Código do texto: T6893137
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Tex Rocketann
Recife - Pernambuco - Brasil, 60 anos
745 textos (15322 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/03/20 21:10)
Tex Rocketann