Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ee147879c4bf5cf1c7fd8d551e5ba977.jpg


De vez em quando  me vem à  mente uma das aulas dadas às crianças do  primeiro ano do Ensino Médio,no qual sempre fiz  uma revisão gramatical,assunto dado concomitantemente  com a Literatura da série.(saudade! )

"Diferença entre MAL e MAU, MAIS e MAS!"


Veja nossas dicas  simples para não ter mais dúvidas com essas palavrinhas que,  muitas vezes confundem a quem escreve!.


E agora? Escrevo
MAL com “L” ou com “U”? E como vou saber se é MAS ou MAIS? Essas dúvidas são recorrentes por essas serem palavras homófonas, ou seja, palavras que tem o mesmo som, ou som muito próximos. Por isso, vamos te dar uma ajudinha em conseguir entender quando se aplica cada um dos casos.

O melhor macete pra facilitar o uso correto é
trocar a palavra MAL por BEM, e MAU por BOM. Trocando as palavras, você pode verificar qual das duas mantém o sentido da frase, e, então, ter certeza qual o uso correto. De qualquer forma, vamos esmiuçar para que não reste dúvidas.

MAU: É sempre um
adjetivo (Regra: é usado como contrário de bom.)

xemplos:

– O
mau humor de Raquel me deixa chateada.

– João é um
mau jogador de vôlei, mas um bom jogador de basquete.

MAL: Pode ser um advérbio, um substantivo ou uma conjunção temporal:

MAL : Advérbio de modo (Regra: é usado como contrário de bem.)
Exemplo: Fui muito bem na prova de inglês.

Substantivo (Regra: é usado com sentido de doença, tristeza, desgraça, tragédia.)
O
mal daquele homem  assusta a criança

Conjunção temporal (Regra: é usado com o sentido de quando.)
Exemplo:
Mal cheguei, e a festa acabou. (Muitas pessoas usam:"Nem bem cheguei")

mais ou mas

Quando o assunto é “mais” e “mas”, esses errinhos são mais comuns do que se pode imaginar. As pessoas acabam trocando o  advérbio de intensidade MAIS, com a conjunção adversativa MAS. Então, para não errar mais, presta atenção:
MAIS: Advérbio de intensidade: expressa ideia de intensidade; quantidade.
Exemplos:

– Gosto
mais de  estudar
Mais uma vez, disse que  me ama!
– Comprou
mais pães do que o necessário.

MAS: Conjunção adversativa: tem ideia de oposição. Pode ser substituído por outras conjunções adversativas, como: contudo, todavia, entretanto, não obstante, e no entanto. Exemplos:

– Era feliz,
mas não sabia.
– Adorava churrasco,
mas  a carne está  muito cara
– Dormiu muito,
mas continuava cansado.

Espero que tenham assimilado essa aula, digitada com carinho, para relembrar o assunto. 

 
Maria Augusta da Silva Caliari
Enviado por Maria Augusta da Silva Caliari em 14/01/2021
Código do texto: T7159555
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Maria Augusta da Silva Caliari
Pariquera-Açu - São Paulo - Brasil
16684 textos (709544 leituras)
2 áudios (29 audições)
12 e-livros (252 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/07/21 16:55)
Maria Augusta da Silva Caliari

Site do Escritor