Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um professor das antigas

Um professor das antigas
cercado de boa intenção
defendia, embora em vão,
palavras - suas amigas.

Com certo temor percebi
seu purismo inveterado
quando ergueu seu brado:
"Não é táxi, é *tachí,"

com toda força no "i"
como em abacaxi!"
Ouvi com todo respeito,
mas senti em meu peito

certo exagero do mestre
contra os termos estrangeiros
em desfavor aos brasileiros.
E havia outro teste:

A palavra era *colmêia
que, segundo o professor,
sem o menor pudor,
deveria ser tal "meia"!

Eu, aluno aplicado,
respeitei a opinião
do mestre ancião;
não assimilei o recado.

Entendo hoje que a fala
é patrimônio de quem usa
e o professor - se abusa -
sua autoridade se cala.
©Bispoeta
Bispoeta
Enviado por Bispoeta em 07/02/2021
Código do texto: T7178627
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Bispoeta
São Paulo - São Paulo - Brasil, 64 anos
594 textos (3264 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/05/21 12:15)
Bispoeta