Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




HAIKAI XXXIII


Vida sem sentido
sem ter lâmpada mágica
vazio desmedido...


Madalena de Jesus



 O Haicai
(originário do japonês haikai, vocábulo composto de hai =     brincadeira, gracejo e kai = harmonia, realização) 
Representa uma forma poética, de origem japonesa, demarcada pela concisão e pela objetividade. Dado esse aspecto, afirmamos que tal modalidade tenta captar um momento da natureza, assim como o passar do tempo.
Dessa forma, por meio de apenas dezessete sílabas poéticas, o enunciador (o poeta) capta um flagrante da natureza e assim o materializa obedecendo aos seguintes parâmetros:
* Um deles é que o primeiro e o terceiro verso são pentassílabos (formados por cinco sílabas poéticas) e o segundo é heptassílabo (constituído de sete sílabas poéticas).
* O outro parâmetro se define pela forma e pela estrutura, demarcadas pela presença de apenas três versos.
Podemos citar entre os poetas brasileiros que fizeram do haicai sua manifestação artística: Guilherme de Almeida, Paulo Leminski, Millôr Fernandes e Olga Savary. Sendo assim, de modo a constatarmos mais de perto tais manifestações, analisemos algumas criações de

Guilherme de Almeida:
A insônia
Furo a terro fria.
No fundo, em baixo do mundo,
trabalha-se: é dia.

O Poeta
Caçador de estrelas.
Chorou: seu olhar voltou
com tantas! Vem vê-las!

Nós dois
Chão humilde. Então,
riscou-o a sombra de um voo.
"Sou céu!" disse o chão.

Meio-dia
Sombras redondinhas
Soldados de pau fincados
sobre rodelinhas.

Fonte da pesquisa anterior no link abaixo .
http://portugues.uol.com.br/literatura/o-haicai.html
 

Haicai ou haikai = Termo japonês que designa um pequeno poema de origem japonesa, de grande delicadeza, de difícil realização por que obriga o poeta a um grande poder de síntese. Disposto em tres versos de 5, 7 e 5 sílabas poéticas.
 


O Haicai Guilhermino

Sobre haicais diversos que aqui aparecem, devo dizer que o pouco que sei aprendi com o saudoso poeta, escritor e contista, Eno Teodoro Wanke.
O Haicai é uma forma poética muito comum no Japão, já existente lá há uns seis séculos. Veio para o Brasil onde conquistou muitos adeptos.

No Japão o haicai é mais limitado, devido a peculiaridade da língua e onde a rima é excluida.

É formado de três versos de cinco, sete e cinco sílabas fônicas...

      No Brasil o haicai é feito de diversas maneiras. Usa-se, às vezes, como um poema curto, como no verso abaixo:

 Nas noites que saímos
 Fomos juntos ao cinema
 -- mudamos nossas vidas. (ex.meu)
  
     Há os que fazem poemas de cinco, sete e cinco sílabas, a que chamam, arbitrariamente, produto de haicai...

     Mas para os poetas brasileiros, em sua maioria, HÁ o
"haicai guilhermino", porque Guilherme de Almeida estabeleceu para o seu haicai, regras fundamentais da seguinte maneira:

-- Haicai é uma forma fixa de versificação,
composta de três versos de cinco, sete e cinco sílabas fônicas respectivamente.
O primeiro verso rima com o terceiro.
No segundo verso, há correspondência entre uma rima interna iniciada na segunda silaba com a da iniciada na sétima sílaba.

Assim, copiando Eno no seu haicai guilhermino que achei mais interessante:

  " O sol apressado,
  espalha a doirada toalha
  sobre o chão molhado."

 
Esta pesquisa , imediatamente acima, encontrei na escrivaninha da Recantista Victoria Magna.

 
Maria Madalena de Jesus Gomes
Enviado por Maria Madalena de Jesus Gomes em 14/11/2017
Reeditado em 24/03/2018
Código do texto: T6171841
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Maria Madalena de Jesus Gomes
Belém - Pará - Brasil
1422 textos (116522 leituras)
3 áudios (240 audições)
3 e-livros (976 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/07/18 23:10)
Maria Madalena de Jesus Gomes

Site do Escritor