Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O coração lateja a dor que não cessa
O amigo que foi tão cedo deste presente
A lagrima que não cessa, brotam rios
A saudade eterna que aperta e angustia os dias!
 
Ah! Como a alma esta inquieta nessas horas
O companheiro que dava as mãos na escuridão
O abraço que alongava o corpo, o coração que se uniam
Hoje, o vazio e imenso os segundos param no tempo.
 
A alma grita na madrugada escura...
Procuro evidencias de teu sorriso moleque
O sorriso largo que me desarmava
As palavras duras de coragem e forca, quem dirá.
 
Volta querido...
Volte do sonho dolorido...
Acorde, levanta-te...
 
Perdoe-me por ter lhe dado o caminho,
Apenas queria lhe ver sorrindo!!
 
 

Monet Carmo
Enviado por Monet Carmo em 07/06/2009
Reeditado em 05/06/2010
Código do texto: T1637168
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Monet Carmo
Belém - Pará - Brasil, 41 anos
3213 textos (331274 leituras)
82 áudios (10639 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 14:43)
Monet Carmo

Site do Escritor