Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


CLARISSE SANTOS - a atriz.


Raios de Clarice clareiam o palco
laços de fitas... mechas coloridas... olhos de anil!
Claro sorriso clareia Clara!
Ela está a sós... brilha tanto talento!
Vibram nos bastidores velhos companheiros de palco.

O templo das artes se ilumina ante o brilho da estrela!
A personagem desperta sonhos
a mulher conquista espaços!
A platéia atenta e atônita bebe a lucidez da cena !

Clarice em outra pele graceja!
Na transparente luz que desnuda sua’lma.

A atriz recebe os calorosos aplausos!
Não está mais a sós
raios de saudades iluminam o palco
suas lembranças transbordam...
ao lado do casarão, os fantasmas rondam
nos risos e falas de tantos personagem vividos!

A mulher e a atriz se alternam...
Suas personagens emocionadas lhe aplaudem
enquanto ela sorri e chora na mesma emoção!

Clarice encena a si mesma como ato final, monologa!
A quem será que vejo em meio ao palco?
Clara ou a divina Malvina!
_

Com o advento da televisão, Clarisse e Iôzinho foram apelidados pelo público local de Tarcisio Meira & Gloria Menezes de Correntina.
Flamarion Costa
Enviado por Flamarion Costa em 18/06/2009
Reeditado em 23/11/2009
Código do texto: T1655567

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Flamarion Costa
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 68 anos
497 textos (201977 leituras)
5 e-livros (129 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 21:23)
Flamarion Costa