Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anjo Poeta (Mario Quintana)

O chamavam de Anjo
Suas palavras eram preces
Seus poemas um hino de louvor
De esperança e de amizade
Suas frases permanecem vivas
Na alma daqueles que ele amou
E conquistou com a sua maestria
Sua imaginação e sua magia
Unidas a sua sabedoria
Levou ao mundo a sua obra
Tratando as letras com carinho
Escreveu e traçou seu caminho
Embora digam que vivia sozinho
Mas não vivia tão sozinho assim
Ele amou e foi amado em cada verso
Por seus fãs e amigos que ainda o lêem
E guardam na alma as suas poesias
Para um dia aquecerem suas almas
Com a chama de sua obra imortal
A obra do Anjo poeta, Quintana.

Você, poeta maior...
Anjo de todos poetas...
Jamais o esqueceremos...

vovonei

Balneário dos Prazeres
31/07/06

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 01/08/2006
Código do texto: T206430
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
2317 textos (155358 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/02/21 15:27)
Volnei Rijo Braga