Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Para Jorge



Poeta

Como os ventos de setembro – chegam, fazem um arraso, e de repente, já é outubro, e se vão de mansinho.

Sua poesia, sua alegria, suas palavras de carinho vieram na hora certa. Pegaram-me de cheio. Conquistaram meu coração. Fizeram me sorrir.

Os caminhos se divergiram, mas sua lembrança será eterna. Sou grata por ter passado pela minha vida. Por ter sido amigo.

Espero que as velas te levem por mares tranqüilos.
Fátima Batista
Enviado por Fátima Batista em 21/12/2006
Reeditado em 30/11/2007
Código do texto: T324396
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fátima Batista
Santo André - São Paulo - Brasil, 56 anos
1436 textos (75152 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/07/19 23:07)
Fátima Batista