Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POETA DA NATUREZA

POETA DA NATUREZA

Um vento suave balança as árvores
Revoadas de pássaros, livres pela mata
As flores silvestres liberam os néctares
Espalham o pólen, sobrevive a floresta

Borboletas de todas as cores, cena mágica
Os pequenos lagos com pedrinhas cintilantes
Águas límpidas, transparentes, magníficas
Ao sol reluz como se fossem diamantes

São os pequenos detalhes da natureza
A obra perfeita que engrandece, edifica
Há na vida esperança, alegria e beleza.

E para um poeta cônscio, significa
A percepção, sensibilidade plena, nobreza
Em criar versos e rimas que o dignifica.



Para meu Mestre Jairo Nunes Bezerra com carinho.
Tânia Mara Camargo
Enviado por Tânia Mara Camargo em 08/08/2007
Código do texto: T598331

Comentários

Sobre a autora
Tânia Mara Camargo
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 63 anos
508 textos (18607 leituras)
7 áudios (421 audições)
1 e-livros (33 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/05/21 20:06)
Tânia Mara Camargo