Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu Pai, Meu Herói

Meu Véio...

Cresci vendo sua figura de homem forte, destemido.
Homem guerreiro, de luta, digno de toda coragem.
Nos transmitiu valores do que é ser digno, honrado.
E hoje, quando não mais estás aqui,
A vontade de lhe dizer, coisas não ditas,
Faz-me dorido o coração, por que deixamos de falar,
o que nos vem no íntimo, talvez por timidez,
ou mesmo por teres sido sempre assim uma FORTALEZA,
que nos faz sentirmos seres  tão pequenos.
Mas deixo aqui, Meu Amado Saudoso e Grande Pai.
Hoje com lágrimas nos olhos, o que sempre lhe disse
em silêncio, mas na linguagem do coração...
AMO-TE e muito obrigado meu Pai...


(Meu pai Celso Scherer ...27/02/1923 a 28/07/2005)

SilScher
Enviado por SilScher em 28/09/2007
Código do texto: T672139
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SilScher
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
150 textos (10031 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 11:24)
SilScher