Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caríssimos Leitores. São muitos os Poetas deste Recanto, porém, são poucos que nos permitem exaltá-los, (com sinceridade e respeito).
Escrevi um Poema (uma simples exaltação) a uma Escritora deste Recanto e o enviei por E-Mail. Gratificada, ela o Publicou em sua Página e fiquei honrado. Já passados alguns meses, republico-o para surprendê-la.



O OLHAR AZUL DA FILHA QUE A TERRA GEROU
                                                                                                                                    Solano Brum

O azul do teu olhar
é profundo...
qual quadro pintado com esmero
a perlustrar
o mundo!
............................................................
Imagino um lago,
sereno,
sem brisa,
refletindo o espelho do céu!

Imagino...

Tanto penetra
quanto embriaga!

Na moldura da tela,
quanto mais busco,
mais me perco
e não descubro
o que me revela!

      = = =


O título da Poesia se encontra no Perfil da Escritora.



 
Solano Brum
Enviado por Solano Brum em 11/02/2020
Código do texto: T6863762
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Solano Brum
São João de Meriti - Rio de Janeiro - Brasil, 78 anos
265 textos (13348 leituras)
15 áudios (429 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/02/20 22:21)
Solano Brum

Site do Escritor