Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rosa Humana

"Se toda palavra for canção Nossa boca será, sempre, um colibri Beijando as rosas humanas nesta existência breve."

               Edson Gonçalves Ferreira


Apassarinhei-me, sou colibri
Beijo-lhe as mãos, suas santas mãos,
para que elas continuem mudando nosso
viver:  em versos, em prosas, em rosas...
Beijo-lhe a face para que sintas
o sabor da canção que meus lábios
cantam para alegrar suas manhãs,
Beijo-lhe o coração,
para sentir o pulsar da vida;
Beijo-lhe os pés para caminharmos
juntos..alçando vôos
Beijando as Rosas Humanas
que a vida nos dá de presente.
Você tão presente, deixas tanto
de ti em mim.




Sonia Lupion Ortega Wada
Enviado por Sonia Lupion Ortega Wada em 09/10/2007
Reeditado em 29/10/2007
Código do texto: T687688

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Lupion Ortega Wada
Tsu - Mie - Japão, 53 anos
332 textos (57607 leituras)
2 e-livros (126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 00:54)
Sonia Lupion Ortega Wada