Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

História de TARTARUGAS

HISTÓRIA DE TARTARUGA

Era uma vez, um velho tartarugo. Ele vivia meio triste, sozinho, querendo compartilhar suas tolas idéias, que todos achavam realmente absurdas e malucas. Este tartarugo queria fazer alguma coisa como, varrer a areia da praia, dar um nome próprio para cada estrela do céu, queria conferir os pelos das focas marinhas e até sentir as protuberâncias das verrugas das bruxas deste mundo.
Andava assim, devagarinho, como qualquer tartarugo. Preguiçoso, ia seguindo seu caminho. Sentia falta de alguma coisa...mas não sabia o que. Suas costas que- que é o casco , sim, a costa da tartaruga é o seu casco- o incomodava, pesava, era um desconforto só no pobre tartarugo.
Num belo dia, enquanto viajava num ônibus a trabalho – sim, tartaruga anda de ônibus – viu uma tartaruguinha que lhe chamou atenção. Era bela, e talvez por isso, lhe pareceu uma tartaruga bem chata e metida à besta. O tartarugo deu de ombros e continuou seu caminho, sem dar maior importância.
Mas, pouco a pouco, com o passar das noites- sim, das noites, as tartarugas são bichos noturnos, que costumam ficar até tarde tartarugando- aquela tartaruga tão bela, se mostrou bem diferente. Para o espanto do velho tartarugo, a tartaruga era perdidamente, alucinantemente...tam tam  e peidadinha. Assim como não poderia ser diferente, ficaram amigos...bem amigos.
Numa noite escura, após muito viajarem na batatinha, na maionese e em outros condimentos e tubérculos, trocaram caricias tartaruguística  durante a madrugada toda. Passaram a noite curtindo “costa de tartaruga” mútuas. E olha, dizem que isso é muito bom, pena que nem todos são tartarugas.
E aquela agonia, aquele desconforto na costa do velho tartarugo se foi. Para sempre(?).
Ainda hoje o velho tartarugo e a bela tartaruga se vêem, não tanto como gostariam. As vezes a saudade aperta tanto que seus cascos chegam a encolher, murchando por tempo...
Mas quando estão juntos... hummmm!
São duas tartarugas muito felizes!!
 
Candy di Encantus e Ricardo Campos
Enviado por Candy di Encantus em 13/01/2021
Reeditado em 13/01/2021
Código do texto: T7158830
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Candy di Encantus
Mãe do Rio - Pará - Brasil
50 textos (1746 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/01/21 06:16)
Candy di Encantus