Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
A literatura e a minha vida

Desposei-me dela
Sem antes fazer amor com ela
Muito amor.
Ela me pareceu linda
Como sempre aparece
Pois ela também foi produto
Do amor de Deus com Universo.

Tive várias mulheres
Mas nenhuma
Nem que quisesse
Poderia ser como ela.

Quando o ciúme chega a apertar
Deixo a outra de lado
Mas volto sempre para ela.

Não tem jeito.
Eu te amo, poesia
E se lhe abandonei
Mesmo por instantes
Não foi porque
Deixei de pensar em você

Serei sempre seu companheiro
Por onde quer que você ande
Por onde quer que você declame
Serei a minha vida, teu amor.

E quando em contos
Faz-me encontros
Não posso deixar de romance
Sou teu livro, seu editorial
E sempre serei teu grande amor.
Lorenzo Giuliano Ferrari
Enviado por Lorenzo Giuliano Ferrari em 03/11/2007
Código do texto: T721344
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lorenzo Giuliano Ferrari
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
1839 textos (51486 leituras)
1 áudios (2458 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 15:13)
Lorenzo Giuliano Ferrari