Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rosas Amassadas

Thelmo Lins lança o livro de poemas
“Rosas Amassadas” em Itabirito
 
O autor realiza sarau de música e poesia no dia 7 de dezembro, com as participações do Grupo Chega de Saudade e da pianista Graça Bastos
“As palavras encadeadas, os versos são uma confissão de um homem sensível. Thelmo Lins amassa suas rosas e revela, em público, seus mais profundos sentimentos” -
do poeta e compositor Fernando Brant
 
             Thelmo Lins lança o seu primeiro livro de poemas “Rosas Amassadas”. A noite de autógrafos está marcada para o dia 7 de dezembro, às 19h30, na Biblioteca Pública Municipal Diáulas de Azevedo, em Itabirito. Na ocasião, o escritor, que também é cantor, realizará um sarau de música e poesia, acompanhado pelo grupo musical Chega de Saudade, dirigido pelo pianista e maestro Eric Lana, e pela pianista Graça Bastos.
            “Rosas Amassadas” traz belíssimas ilustrações de Maria José Fonseca, uma das mais respeitadas artistas plásticas de Minas Gerais, e texto de apresentação do compositor e poeta Fernando Brant, autor de clássicos da MPB, como “Travessia”, “Maria, Maria” e “Nos Bailes da Vida”. O projeto gráfico é de Giovanni Damásio. Patrocinado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura da Prefeitura de Itabirito, o livro é fruto de mais de 15 anos de trabalhos poéticos de Thelmo Lins, a maioria inédita para o público. Os poemas tratam de suas observações sobre a vida, os amores, a natureza, as contradições humanas e os lugares por onde passou, entre eles, a sua terra natal, Itabirito. Um dos poemas-síntese do trabalho, “Um jeito de misturar”, traz os seguintes versos:
 
            “Hoje a sôfrega caneta rascunha o papel,
            Numa tentativa de escrever
            A vida.
            Ela se impõe, é verdade,
            Vestida de azul e tinta”
 
            No texto de apresentação, Fernando Brant aborda o caráter confessional do texto: “As palavras encadeadas, os versos são uma confissão de um homem sensível. Thelmo Lins amassa suas rosas e revela, em público, seus mais profundos sentimentos”.
            Artista nascido em Itabirito (MG), Thelmo Lins tem pautado sua carreira artística pela multiplicidade. Ele iniciou sua trajetória no teatro há 25 anos, mas também se destacou em outras áreas, como o jornalismo, a produção cultural, a música e a fotografia. É gestor cultural, com realizações importantes como os projetos “Sons do Horizonte”, “Congresso Nacional dos Meninos Cantores do Brasil”, “Projeto Itabirito Cultural”, “Circuito de Arte e Cultura (versão 2006)”, “Salão de Arte de Itabirito”, “Encontro com Escritores”, além de turnês musicais por vários pontos do Estado e do país. Reorganizou a Feira do Livro de Itabirito, principal evento local de incentivo à literatura do município.
Seu envolvimento com a literatura começou ainda na adolescência, quando escrevia poemas, peças de teatro e artigos publicados em jornais de Itabirito, como a Gazeta de Itabirito e Itabirito Notícias. Publicou, em 1981, a coletânea “Faces Várias”, quando cursava o 2º grau no colégio Utramig, em Belo Horizonte. Em 1988, participou da coletânea “Cidade Encanto”, organizada por Zaíra Melillo. De 1989 a 1996, criou e editou o jornal “Imagens”, quando era o responsável pela assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Itabirito. O jornal tornou-se uma das mais importantes publicações jornalísticas de sua terra natal. A última página era dedicada à poesia, revelando nomes ou consagrando artistas locais. Em 1996, revisou, organizou e editou o livro “Itabirito, minha terra”, de Olímpio Martins da Silva, que logo se tornou uma referência na compreensão da história desse município desde sua fundação, no século XVIII.
Escreveu, ainda, um libreto dedicado aos 30 anos do Coral Canarinhos de Itabirito, publicado em 2003 por esta instituição. No ano passado, participou do livro “Riscos e Versos”, coletânea de poetas itabiritenses organizada por José Pires e lançada na Feira do Livro de Itabirito.
Vale ressaltar, ainda, que seus dois últimos trabalhos na área musical, os CDs “Thelmo Lins Canta Drummond” e “Cânticos”, tiveram uma relação estreita com a literatura, uma vez que registraram poemas musicados de Carlos Drummond de Andrade e Cecília Meireles feitos especialmente para os projetos. Neste campo, Thelmo Lins já trabalhou com grandes nomes da música, como Maria Bethânia, Milton Nascimento, Nana Caymmi, Sueli Costa, Belchior, Fátima Guedes, Elza Soares, Tavinho Moura, entre outros.
Com “Rosas Amassadas”, Thelmo Lins quer estreitar ainda mais os laços entre a música e a literatura, promovendo saraus literários para o lançamento do livro. Já estão sendo agendados, para 2008, lançamentos em Belo Horizonte e outras cidades do interior de Minas Gerais, como Congonhas e Ouro Preto.
 
SERVIÇO
Lançamento do livro “Rosas Amassadas”, de Thelmo Lins, e Sarau de Música e Poesia, com as participações do grupo Chega de Saudade e da pianista Graça Bastos
Data e horário: 07 de dezembro de 2007 (sexta-feira), às 19h30.
Local: Biblioteca Pública Municipal Diáulas de Azevedo (Complexo Turístico da Estação, em Itabirito) - Entrada Franca
Preço do livro: O livro será vendido no local a R$ 15,00. Parte da renda será revertida para manutenção do grupo de teatro da Associação Movimento Jovem Independente de Itabirito (MOJI).
Produção: TW Comunicação e Arte
Informações: Thelmo Lins (31-9991-6653), Diego Rodrigues (produção local, 31-8804-6830) e Biblioteca (31-3561-1922)

fernanda araujo
Enviado por fernanda araujo em 02/12/2007
Código do texto: T761467
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
fernanda araujo
Divinópolis - Minas Gerais - Brasil
1059 textos (213706 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 11:57)
fernanda araujo