Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homenagem a voce pai

Rompi por alguns instantes, a porta do tempo, há passos lentos, um senhor sentado a beira de uma pedra junto ao mar , escrevia coisas na areia , um olhar sereno ante a inquietude das ondas, como quem ao oceano entende-se, um rosto marcado pelo sol dos anos, uma voz branda e macia falando com a sabedoria de um pescador de amores, durante alguns instantes fiquei observando e escutando com atenção o que esse senhor me dizia, me falava de um tempo distante um tempo que eu não conhecia mas que com minha inocência de criança imaginava em sonhos perdidos, quase que o acompanhava em sua aventuras, andando pelas ruas  de uma cidade que respirava boemia, de suas primeiras conquistas como sair do ginásio, de substituir grandes figuras e de um certo monsenhor Admar, andava ao seu lado quando por ventura precisava de um novo calçado mas mantinha a cabeça erguida mesmo com o velho furado, me ensinando assim lições de humildade, falava também de velhos amigos, que passaram por sua vida, uns que já se foram e não estão mas por aqui para alegrar sua experiente vida ou para dar antigos conselhos e fazer velhas viagens que ficaram guardadas em suas lembranças, e de novos que ainda cruzam seus caminhos, e me ensinou que amigos de verdade nunca se preocupam como demonstrar sua amizade, e me falou da mulher amada com um brilho no olhar, em serenatas intermináveis pela madrugada em promessas ditas no altar em conquistas ao seu lado, me ensinando assim que temos que compartilhar nossas vitórias e aprender com as derrotas junto a mulher companheira,me falou de respeito a mulher amada, ao tempo dessa conversa me olhou firme nos olhos e vi uma lagrima rolar me falou de seus pais com um orgulho que guarda em seu peito como uma estrela a brilhar no céu imponente e que nunca se apaga, que com eles aprendeu a viver e a ter valores, levantou-se e já com passos lentos com a brisa que batia em seu rosto e deixando que lagrima caísse ante sua face falou FAMILIA, AMIZADE, AMORES, e sua lagrima se tornou diamante, e disse : Filho nunca desista, pois estarei sempre ao seu lado, procura ser humilde para poder galgar grandes amizades, nunca esqueça de sua família, porque nela encontraras a tua base o teu porto seguro, e o mas importante agradeça a Deus pois ele trilhou teu caminho, porque ele te deu nossa família como diamante que seguras, neste instante voltei desse sonho, e me olhei no espelho deixava cair de  meu rosto lagrimas de agradecimento, a você PAI que quando criança segurou minhas mãos para não cair, que sorriu e que chorou com minhas vitórias, que tantas lições ensinou, que teve uma palavra amiga quando mas precisei, hoje no alto de seus anos e neste dia em especial quem ganha o presente sou eu, de  por mais um ano poder te abraçar e escutar teus conselhos, muito obrigado por sua lembranças e com elas as lições que ficaram PARABENS

Edson Junior
Enviado por Edson Junior em 29/01/2008
Reeditado em 30/01/2008
Código do texto: T838452
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edson Junior
Recife - Pernambuco - Brasil
234 textos (7086 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/11/19 05:33)
Edson Junior