Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DO YOU LIKE

Mané Mané matuto experimentado resolveu arriscar a sorte na cidade grande. Enfiou os panos de bunda em uma malota, aquela valise de madeira que se abrir não fecha e se fechar não abre. Com a tampa é amarrada com embira. Mané..., elegeu  Sampa para fincar a sua bandeira. Sem qualificação procurou ganhar o pão vendendo picolé no cruzamento da São João com Ipiranga, em frente ao bar do Brahma. Seu palavreado cearensês trouxe grande clientela, mas, com o passar dos dias a língua falada por Mane..., não chamava atenção e vendas despencaram. Foi ai que aconteceu o milagre. Outro nordestino espertalhão disse para o ambulante: - Chegou à hora da virada, você vai oferecer picolé em outro idioma, o inglês. - Como é que é?  Indagou Mané...  - Meu amigo eu não sei falar nem cearensês, como vou atacar de inglês? – Calma, falou o outro. Basta pronunciar estas palavrinhas que eu aprendi no ginásio.  Do You Like? Mané..., praticou o novo idioma, ficou afiado e partiu pro ataque. Suas vendas subiram vertiginosamente. Zé de Horácio sujeito criado na roça, tipo pegado grande, colocado num pau-de-arara e solto nos grandes centros. Zezim com o mesmo destino do outro desembarcou na Paulicéia, esbarrando na soverteria ambulante do Mané...  O matutinho ficou abismado com a desenvoltura do conterrâneo vendendo picolé. Parou em frente e ficou observando. Mané..., olha para ele e perguntou:  - Do you like.? Zezim respondeu em cima bocha. - Laicar até que nós laica, agora money que é good  nós não heve.


Chiquimribeiro
Enviado por Chiquimribeiro em 08/05/2006
Reeditado em 13/03/2015
Código do texto: T152645
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Chiquimribeiro
Fortaleza - Ceará - Brasil
625 textos (97288 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/03/20 05:45)
Chiquimribeiro