Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BANQUETE TRANSCENDENTAL-SARAU NO INFERNO

Reinava no céu plenitude de paz celestial.
Só se ouvia, mas suavemente, farfalhar de asas.
serafins e Querubins, em tarefas normais,
Anjos e Arcanjos em afazeres diversos.
Nenhuma azáfama. tudo em calmaria.
Pedro estava inquieto...ouviu nas bastidores
sobre uma "tal festa"...súbito, captou
uma mensagem telepática...
-Não, não pode ser!...vou falar com o mestre.
O Mestre estava absorto com problemas
intergalácticos, mas com paciência  falou.
-Que é Pedro, seja breve!
-Senhor, o Dante, aquele atiçador planeja
um tremendo festival-sarau-bacanal e o
escambau, lá embaixo.Convidou artistas
literatos vivos e mortos, de todo mundo...
-Pedro deixa que façam...o livre arbitrio!...
Pedro deu de ombros e foi embora...
Lá embaixo, no palacio de inferno de Dante,
os convidados chegaram em transportes
os mais diversos, conforme a posse e poder:
Limusines, charretes, elefantes de tudo...
LEONARDO, O DA VINCI chegou em um
Ovni trazendo pelo braço a GIOCONDA...
O MORAIS poetinha brasileiro chegou
tarde...vinha de porre...pos tinha enchido
a cara com o Chico e Tom...
A garota de Ipanema com seu jeitão de
sereia pousava ao lado como eterna musa.
Já estavam todos os convidados:
ROMEU E JULIETA, TRISTÃO E IZOLDA,
ÉDIPO E A MÃE...etc.etc,etc...
A festa fluia...
CARLOS, O GOMES junto com PIAZOLLA
executava o GUARANY em ritmo de tango,
ALENCAR  era só reproches..IRACEMA acal
mava o ZÉ com cafunés...
RAY CHARLES insistia em tocar ,
"HIT THE ROAD JACK", enquanto a turma queria
ouvir "GEORGIA"... em outro lado JOHN LENNON
fazia maior sucesso com "JÚLIA" e "IMAGINE"
Em outro canto do recanto, uma discussão
palavrosa:BALZAC a defender MULHER DE 30
e CAMILO a defender AMOR DE TRAIÇÃO,
LEON, O TOLSTOI, sentado numa poltona
samovar com agua quente ao lado não estava
nem aí para discussão ele que era GUERRA E PAZ,
agora era só de paz.
Livre, lépida e solta a festa esquentava...
Dança do ventre aqui, quadrilha nordestina acolá,
a ANA botava fogo com seus passos mágicos...
Em uma banheira, CASTRO ALVES se deliciava
com ESPUMAS FLUTUANTES...A FLORBELA,
parecia castigo morria de rir sendo espancada
com flores  de papel pelo PICASSO...flores que
foram pintadas pelo DALI...o GARCIA LORCA ,
morria de ciúmes...fechando a cara.
A festa esquentou mais quando BACO esse doido
começou a derramar barris de vinho nas gargantas
sedentas d a galera ensandecida...
O vinho tocou fogo na casa e a doideira imperou:
o bacanal se instalou:
ROMEU já estava sem JULIETA..GIOCONDA estava
atracada com IRACEMA,
ALENCAR estava aos tapas com JOSÉ LINS não se
sabe porque! o OZZI saboreava um suculento morcego
e tomava uma BLOOD MARY para rebater...
ÉDIPO se encontrava escancarado com um cara de ITÚ,
QUE EU NEM SEI PORQUE!... A COISA DESANDAVA...
pedro correu para o Mestre apavorado...
-Mestre, Mestre!
- Calma Pedro que foi?
Pedro contou tudo com riqueza de detalhes.
O Senhor Mestre então falou:
-Recolha-os todos ao purgatório...
-Todos, e os vivos...?
-Bem estes deixa-os brincar um pouco mais, depois eles
pagam a conta...livre arbítrio...!
´Lá embaixo o desatino foi total...chegou quarta feira
bandeira e eles nem viram...dizem que foi mais ou menos assim
que começou o CARNAVAL...!.










l
Alkas
Enviado por Alkas em 18/06/2012
Código do texto: T3730055
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Alkas
João Pessoa - Paraíba - Brasil
5479 textos (372997 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 06:16)
Alkas