Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIDA DE CASADOS

VIDA DE CASADOS


Pode até parecer
Ser muito boa a vida a dois
Mas agora é que vocês vão ver
Quanto custa um quilo de arroz

Água, luz, telefone, gás...
É conta pra todo lado
E a gente percebe que a paz
Está com os dias contados

A mulher, depois de casada,
Tem a primeira desilusão:
A cama está liberada
Mas vem junto com o fogão.

Para o  homem,  quando casa
As coisas podem não piorar
De manhã bem cedo ele “vaza”
E só volta pro jantar

Quando os dois trabalham fora
Aí  é que mora o enguiço
Chegam quase na mesma hora
E brigam pra dividir o serviço

E seja qual for a divisão
Os dois ficam estressados
Ele vai pra televisão
E ela vai pros bordados

Se a mulher quer passear
Aproveitando o domingo de sol
Ele diz: Hoje não dá
Tenho que ver meu futebol

Se o homem chama pra sair
A mulher também diz não.
Onde ela poderia ir
Sem três horas de salão?

Depois do caso pensado
Os dois vão constatar
Que vivem mais separados
Do que antes de casar

Ela fica a pensar
Em sua vida de solteira
E acaba por suspirar:
_ Acho que fiz uma besteira!


Ele pensa na mamãe sorrindo
Fazendo as suas vontades
E acaba concluindo
Que perdeu mais da metade

E quando vem o bebê
Não adianta choro nem uivo
A mulher não quer nem saber
Você se sente um viúvo

Não tem abraço não tem janta
A casa toda bagunçada
E a desculpa sempre pronta
O neném não deixou  fazer nada

Você finge que não liga
Mas por dentro está um trapo
Mas para evitar briga
Acaba “engolindo  sapo”

Às vezes tá tudo bem
E Você acha que tá tudo azul
Aí a TPM vem
E a mulher vira um pit Bull




Mas cada um tem seu dom
Sua missão nesta terra
Casamento pode não ser tão bom
Mas é melhor que morrer na guerra

Mesmo porque o homem também
Não é certinho nem nada
A mulher fica olhando o neném
E ele vai pra balada

Chega de madrugada
E diz que tava em reunião
E se ela fica desconfiada
Manda ligar pro patrão

Mas já tá tudo combinado
São do mesmo quilate
Pode crer que os dois safados
Foram pra mesma boate

Mas, enfim, vocês  são família
O casamento foi realizado.
Pode não ser uma maravilha
Mas é melhor que morrer queimado


Desejo de coração
Que não precisem ser atores
Pra nos passar a sensação
Que entre vocês tudo são flores.

Ponham Deus em primeiro lugar
E por mais difícil que seja
Jamais deixem de orar
Procurem freqüentar uma igreja

Cultivem a humildade
Sejam mansos de coração
E jamais percam a oportunidade
De perdoar ou de pedir perdão

Mesmo quando tudo for brilho
 A gratidão nunca será demais
Continuem sendo bons filhos
Nunca se esqueçam dos seus pais

Vivam sempre com alegria
Praticando o amor, a bondade
E construam assim, a cada dia
O direito à felicidade

         
silasol
Enviado por silasol em 15/03/2015
Código do texto: T5171228
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
silasol
Sabará - Minas Gerais - Brasil, 69 anos
677 textos (84940 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/04/21 23:04)
silasol