Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Crente bicho-da seda

O bicho-da-seda  se origina da lagarta, que expele a seda pelas glândulas da boca e a usa para tecer casulos, dentro dos quais se torna uma crisálida. Os insetos são mortos com água quente antes da retirada da seda, a fim de que não haja o rompimento dos fios.

A seda brota das entranhas do bicho-da-seda, e as mentiras da imaginação dos mentirosos. Produzindo sua própria mortalha  com sua morte, o bicho-da-seda produzirá os trajes para outros. A mentira é semelhante à mortalha dos mentirosos fabricada por eles mesmos. Os mentirosos vestem as pessoas de que falam, ou melhor, põem-lhes disfarces, faltam com a verdade. A tesoura que corta o tecido que produz a vestimenta, é a língua afiada que recorta, retalha e repica o traje próprio de cada vítima, sem respeitar a verdade.

Juraci Rocha
Enviado por Juraci Rocha em 21/09/2005
Reeditado em 25/09/2005
Código do texto: T52600


Comentários

Sobre o autor
Juraci Rocha
São Paulo - São Paulo - Brasil
342 textos (132217 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/08/20 13:57)
Juraci Rocha