Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
MORAL DE ESTÓRIAS (colaboração de Maria Auxiliadora - Doró)

1. Um coelhinho felpudo estava fazendo suas necessidades matinais, quando olha para o lado e vê um enorme urso fazendo o mesmo. O urso se vira para ele e diz: - Hei, coelhinho, você solta pelos?

O coelhinho, vaidoso e indignado, respondeu: - De jeito nenhum, venho de uma linhagem muito boa...

Então o urso pegou o coelhinho e limpou a bunda com ele.


MORAL DA ESTÓRIA: CUIDADO COM AS RESPOSTAS PRECIPITADAS. PENSE BEM NAS POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS ANTES DE RESPONDER!

-------------------------------------

2. No dia seguinte, o leão ao passar pelo urso diz: - Aí, hein seu urso! Com toda essa pinta de bravo, fortão, bombado...! Te vi ontem, dando o rabo para um coelhinho felpudo. Já contei pra todo mundo!!!

MORAL DA MORAL DA ESTÓRIA: VOCÊ PODE ATÉ SACANEAR ALGUÉM, MAS LEMBRE-SE QUE SEMPRE EXISTE ALGUÉM MAIS
FILHO DA P. QUE VOCÊ!

-------------------------------------

MORAL DA MORAL DA MORAL DA  ESTÓRIA

"O problema do Brasil é que, quem elege os governantes não é o pessoal que lê jornal, mas sim quem limpa a bunda com ele!"

=========================================

Abraços: BLOG DO POETA OLAVO NASCIMENTO

=========================================


 
POETA OLAVO
Enviado por POETA OLAVO em 25/04/2016
Código do texto: T5616382
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
POETA OLAVO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 77 anos
1385 textos (40633 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/01/20 13:33)
POETA OLAVO