Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ADOLESCÊNCIA OU PENITÊNCIA?

Antes de mais nada esclareço que nunca fui... digamos, neurótica a “olho  nu”, mas agora admito que estou ficando...a olhos vistos!
O que me trouxe até aqui, nesse exato momento, foi uma passadinha pelo ...   (quarto?) da minha filha , aonde,depois dum tropicão,me estatelei no chão.
Ao invés dum palavrão...resolvi desabafar.
Mas me digam, como fingir que não é com a gente?
Esse negócio de bagunça em quarto de filho, me parece que é um exercício de resistência à anatomia dos nossos nervos! Será que é só comigo?
Converso com meus amigos, e vejo que não, e olha que já tentei de tudo!
-Calma, isso é coisa de adolescente...é o que ouço.
Mas adolescência...é crônica, para toda vida?
Já segui  todas as receitas, Tim-tim por Tim-tim.
Conversa amigável, chantagem emocional, melhora da mesada, crises de loucura explícita, já me finji de morta... meses sem entrar ali; mas foi como conviver com alguém e não lhe dirigir a palavra.Horrível!
Certa vez,  até o marceneiro  entrou numa tentativa de solução.
Como as tralhas começaram a se acumular também sob a cama, pedi um projeto sem o tal do espaço morto que só favorecia o acúmulo das quinquilharias.
Que nada, foi pior! Agora tenho que enfrentar a bagunça sobre a cama, a subir pelas paredes dos quatro cantos, quando antes, me bastava um pezinho na bagunça e tudo se resolvia.
-Mas como você consegue viver aqui? É o que sempre lhe pergunto, mas ela me convence de que o problema está na minha “desorganização interior”.Será?
Segundo ouviu dizer,  suportar o meio ambiente desorganizado é um sinal de organização interior.E enche a boca para me ensinar a teoria!
Mas as ajudantes domésticas não querem saber da tal psicologia, e dão no pé! Mas será que são todas interiormente...desorganizadas como eu? Não é possível!
E depois..ainda sobra pra mim, pois vez ou outra, ainda tenho  que escutar:
-Mãe, você viu aquele meu brinco que eu adoro, que estava na escrivaninha...do meu quarto?Eu o vi ontem, só pode ter sido você  que sumiu com ele!
Sabe o que respondo nessa hora?
-Dê uma olhadinha no saquinho do aspirador...deve estar por lá...
Ai que ódio!
MAVI
Enviado por MAVI em 11/09/2007
Reeditado em 11/09/2007
Código do texto: T647856

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MAVI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
5465 textos (342849 leituras)
994 áudios (87128 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 20:25)
MAVI