Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CULTURA VERSUS BOTOX

                     

-Não é mesmo, meu bem?
-É verdade... é verdade...


Já faz um bom tempo, estávamos por uma excursão, numa dessas viagens de férias, e aquele casal jamais me saiu da memória.
Logo no início da viagem percebi que ele, um engenheiro mecânico, de média idade, e com vastos conhecimentos em aeronáutica e cultura geral, gostava muito de papear.
Sua esposa de igual simpatia, a princípio também me pareceu possuir os mesmos dotes culturais e lingüísticos do marido.
No ínício, chamaram-me a atenção pelo contraste de biótipos.
Ele, moreno, muito bem apessoado, extremamente alto, elegante, muito educado, já grisalho, de musculatura forte, porte atlético, quase um deus grego!
Ela, de tez clara, mingnon com eu, cabelos tintos em tom dourado e especializada em procedimentos estéticos, tinha uma evidente dificuldade de expressão facial, fala pastosa, e durante a viagem toda me colocou a par das técnicas mais recentes de lipoaspiração e injeções de Botox. E me exemplificava ao vivo!- o que era mais impressionante.
            Ao passar do tempo, não pude deixar de manifestar meu encantamento pelas aulas multidisciplinares do tal engenheiro. Conhecia o mundo todo, e sempre que expunha um acontecimento ou um ensinamento, fazia questão da opinião da esposa: Um gentleman!
            -Não é mesmo, meu bem?
            -É verdade... é verdade...respondia ela com segurança.
             E as aulas, bem como o referido e “rico” diálogo conjugal... prosseguiam.
              Aquele “é verdade...é verdade...”, passou a ecoar até nos meus sonhos.
             Confesso que às vezes, me preocupava com certos assuntos que fugiam totalmente ao meu entendimento, sentia-me angustiada por não poder lhe opinar...mas logo me acalmava com aquela perguntinha gentil à esposa:
             -Não é mesmo, meu bem?
             -É verdade...é verdade...
              E assim foi a viagem inteirinha!
              Então, certo dia, já quase no final do roteiro, depois de nos dissertar sobre a modernidade mecânica obtidas nos testes das pistas de FÓRMULA UM, saí pela tangente da minha pista, quando ele me perguntou:
              -Você não acha mesmo?
               -Claro que acho! É verdade...é verdade...
               Senti que ficou extasiado com a minha resposta!
               E ela logo em seguida ratificou minha opinião com eloquência:
               -É verdade...é verdade...
               Mas depois daquele misto de experiência com “Cultura e Botox”, uma dúvida me perturba até hoje:
                Será que o botox , além de relaxar a musculatura...também paralisa os neurônios?
                Enquanto perdurar a questão, juro!-prefiro não arriscar...
                Vai que é verdade,não é verdade?

MAVI
Enviado por MAVI em 12/09/2007
Código do texto: T649296

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MAVI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
5466 textos (342928 leituras)
994 áudios (87130 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 15:57)
MAVI