Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALFORRIA

Em meados da década de 60, D. Afonso tinha lá seus 20 anos, muita disposição,alguns recursos e um pai generoso, mas extremamente disciplinador.  Assim é que, apesar da adolescência avançada, não era dado ao Afonsinho o direito de chegar à casa após as 22:00h.  Naquela época parecia haver uma linha divisória (22:00h) que separava os rapazes e moças de bem, dos demais.

Ocorre que num belo domingo de sol Afonsinho resolveu ir à praia, onde vez ou outra batia uma peladinha em que os capitães do time eram identificados pelo melhor jogador e pelo dono da bola (o próprio, uma vez que era o único meio de garantir sua escalação) que entre si tiravam dois “par ou impar”.  Um para escolha dos companheiros e outro para ver quem jogaria com e sem camisa.

Lá chegando, Afonsinho bateu os olhos em Glorinha, bela morena que estava sentadinha.  Como o interesse em se aproximar da moça foi imediato, deu logo um grito pro pessoal da bola (o termo “galera” ainda era desconhecido):  “Olha aí, rapaziada, jogo no time dos sem camisa!  Ato contínuo, apresenta-se, tira sua camiseta e pede a ela que a guarde até o final do jogo, no que é atendido.

Além de ter feito uma das melhores partidas de que tem lembrança, terminada a pelada (4x1) corre em direção à água, junto com os demais companheiros para o mergulho triunfal e, em seguida parte para resgatar sua preciosa peça (a camiseta, por enquanto).

Conversa vai, conversa vem, combina com Glorinha uma ida à sessão das dez no cine Paris Palace (atual Cinema Um, na Av. Prado Júnior, em Copa), onde ainda rodava a película que inaugurara aquela sala havia poucos dias – “Psicosíssimo”, com Ugo Tognazzi.

Ao chegar em casa, conta o ocorrido para o pai e lhe pede algum para o programa já acertado. Como de costume, prontamente o Dr. Milton mete a mão no bolso, mas determina a seguir: “Dez horas em casa!”.   Foi quando começou aquele blá, blá, blá!
- Peraí...  Às 10 começa o filme!
- Não me interessa! Às 10 em casa!
- Pai, não vai dar.  Eu fiquei de encontrá-la às 09:00h no Beco da Fome para comer uma pizza e, logo em seguida, irmos ao cinema.
- Não quero saber!  Comam a pizza e volte logo para casa, porque às 10 vc tem de estar aqui de qualquer jeito, senão, o coro come!
- Ah é?  Então pai, faça o seguinte: Como ainda são 07:00h, comece logo a sessão porrada, porque às dez tenho compromisso!




Adolescente irreverente
Dom AFONSO
Enviado por Dom AFONSO em 25/11/2007
Reeditado em 25/11/2007
Código do texto: T751444

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dom AFONSO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 71 anos
20 textos (1428 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 13:22)
Dom AFONSO