Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
 
 
 
Depois de horas esperando na janela,
você chegou bem devagar, já era noite.
Depois se fez com violência, num açoite.
 
Depois de horas eu esperei você partir,
para acalmar todos que não te queriam.
Porém você, só partiu ao romper do dia.
 
Somente a brisa, era este o meu desejo,
mas, veio um vento forte e trouxe medo.
 
02/12/2013-VEM

 

Recebi da poeta Dinapoetisadapaz, esta bela interação:

Espera
 
 
 Passou um por mim um pensamento
Deixou meu coração aflito
Foram horas de forte tormento
Mas, como era de hábito
 Esperei sem fazer julgamento
Recolhido em meu íntimo recôndito
Partiste temerosa, vi sorriso no ar
 Ventos do amanhecer, tempestade a me sufocar
 
 
 
Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 31/01/2014
Reeditado em 01/02/2014
Código do texto: T4672525
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (122141 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/04/21 11:59)
Vanderleis Maia