Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Carência

Ela só via o poeta quando podia...
Ele e ela eram amores condicionais...
Só penso em você... Vivo sonhando, ela dizia.
.
Mas ela silenciou sobre a vida livre que ele não queria pra ela.
Ele leu seu silêncio. E sentiu perder o amor que nunca reteve...
Ela tenta resgatá-lo, mas teve a ausência ferindo ela...

Ela relaxa e ele voa pro ninho. Ela também voa, sem destino,

sem saber onde pousar as asas e o coração em desatino.
Eligio Moura
Enviado por Eligio Moura em 27/05/2019
Código do texto: T6657674
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Eligio Moura
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1376 textos (31707 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/19 03:12)
Eligio Moura