Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


d82ca6412b900c7d06a9f3dfecf61018.jpg


"Com tanta fome te querendo como alimento!"

Assim como a lã vive a esperar pelo frio
Como o amor ausente espera a decisão
Estou a te esperar por dias tão sombrios!

À beira do cais a esperar navio aportar
Assim como o olhar que aguarda calmaria
Como Ondas rasas emaranhadas nos rios !


Ando como borboletas levadas pelo vento

Com tanta fome te querendo como alimento!


29785-mini.jpg?v=1389972439Especialmente bela  interação do  nobre poeta Jacó Filho, a qual  muito  me envaidece:

 
Meu ser reclama o teu,
Pra juntos serem completos...
Sofre se não estais perto,
E diz que pra ti, nasceu...


201724-mini.jpg?v=1568370620Linda  interação do  nobre  poeta Francisco de Assis Góis, a qual  muito  me  lisonjeia:

 
A beira do cais eu chego,
Jogo as amarras, atraco,
Dispenso até um bom trago,
Corro pro teu aconchego!
Maria Augusta da Silva Caliari
Enviado por Maria Augusta da Silva Caliari em 02/12/2019
Reeditado em 05/12/2019
Código do texto: T6809303
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Augusta da Silva Caliari
Pariquera-Açu - São Paulo - Brasil
14947 textos (447663 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 00:35)
Maria Augusta da Silva Caliari

Site do Escritor