Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ninguém foge... Indriso



Vejo vazios intensos em teu olhar distante, frio, cavo...
Não percebo nenhum brilho a aflorar, em teus passos
Talvez! Não saibas ainda, que são longos, triste e cavos.

Mas ainda que seja assim: Não esmoreça, fixe sempre.
Não adianta. Ninguém foge ao traçado do livro da lei...
Está nele desenhado. Embora os teus olhares não vejam.

Aquietados e pensativos ao que é exposto aos teus brotos.
Por horas e dias vazios sem muitas vezes sem ter noção


José Lopes Cabral
Enviado por José Lopes Cabral em 26/06/2020
Código do texto: T6988368
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
José Lopes Cabral
Nilópolis - Rio de Janeiro - Brasil
1033 textos (20824 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/07/20 17:13)