Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POBRE RICO-HOMEM

Pobre homem! Coitado desse senhor!
Tem seu gigantesco filão de  ouro,
De nobreza e serventia seu tesouro.
"Mas lhe falta o principal  que é o Amor".

E da roda imponente que o circunda,
Não ver , que  um é  pessoal interesseiro,
Tipo malta infame  e vagabunda
Que quer mamatas, apenas seu dinheiro!

Não se dá conta,  o cidadão,
Que  da sua própria grana , está sendo ladrão:
Tirando de si, para dá a quem não merece.

Pobre homem! Tem todo seu ouro ,
Toda sua riqueza,  todo seu rico tesouro,
Mas da  "principal fortuna, o amor, carece !
JUCKLIN CELESTINO FILHO
Enviado por JUCKLIN CELESTINO FILHO em 04/05/2021
Reeditado em 15/05/2021
Código do texto: T7247946
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
JUCKLIN CELESTINO FILHO
Salvador - Bahia - Brasil, 65 anos
481 textos (12439 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/05/21 23:35)
JUCKLIN CELESTINO  FILHO