Doce ventura

Já tive dias de não ter

Sequer um pedaço de pão pra comer,

Estômago vazio insiste em doer,

Já tive dias de muita fartura,

Dias de abundância, doce ventura,

Dias em que a dor se via na lonjura,

Não importa os dias em que está a viver

Lembre-se, existe infinito poder dentro de você.

Fera da Poesia
Enviado por Fera da Poesia em 10/06/2022
Código do texto: T7534519
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.