Pausa pra um café

Só pra começo de conversa

Não estou insensível a sua situação

Embora rejeite o seu batido refrão

Lembro que há enes tipos de poetas,

Pra uns a vida divaga de vagar

Pra outros é um trem com pressa

Porém, sempre há pausa pra um café degustar,

Por fim, queremos o mesmo, pra casa voltar.

Fera da Poesia
Enviado por Fera da Poesia em 21/06/2022
Código do texto: T7542209
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.