DA IRONIA

O grilo, esse bicho esquisito,

Parece da parentela do mosquito:

Magrelo, pernós(as)tico e fraco!

O tempo todo escondido no buraco

Como sempre a pedir silêncio:

– Psiu! Psiu! Psiu! Psiu! Psiu!

E eu, logo entendi o dilema:

O grilo queria era um poema!

Francisco Galdino Filho
Enviado por Francisco Galdino Filho em 30/06/2022
Código do texto: T7549418
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.