Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


**A aranha atrapalhada**


Dona aranha atrapalhada
Começou tecer a teia
Como estava bem cansada
Se enfiou num pé de meia


   
    



Quando Mila acordou
Pegou sua meiinha
O pezinho ela enfiou
Ficou assustadinha


 

  
 
Sentiu "algo" se mexendo
Por entre os seus dedinhos
Ela então saiu correndo
Para perto do paizinho

  
   


Seu papai foi lhe acudir
Encontrou a atrapalhada
Para ela não fugir
Lhe jogou água gelada
   
  

Dona aranha assustada
Se enroscou na sua teia
Por ali ficou deitada
Esquecendo o pé de meia. 
 
  
    


Nunca mais a atrapalhada
Nas meias foi se esconder
Não queria ser pisada
Pois gostava de viver.

   


Neste Reino Encantado
As aranhas são amigas
Vivendo do nosso lado
Como vivem as formigas


  

Dona aranha atrapalhada
Viveu mais duzentos anos
Nunca mais foi encontrada
Enfiada pelos panos.


bar014.gif (15861 bytes)



bar014.gif (15861 bytes)

bjs,soninha
Imagem:
http://br.bestgraph.com/gifs/araignees-1.html



bar014.gif (15861 bytes)


bar014.gif (15861 bytes)
 

Declaração Universal dos Direitos dos Animais

ARTIGO 8

pata.gif (1411 bytes)     A experimentação animal, que implica em sofrimento físico, é incompatível com os direitos do animal, quer seja uma experiência médica, científica, comercial ou qualquer outra.

 




Sônia Maria Cidreira de Farias
Enviado por Sônia Maria Cidreira de Farias em 12/06/2009
Reeditado em 08/03/2010
Código do texto: T1646201
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Sônia Maria Cidreira de Farias
Jequié - Bahia - Brasil
2945 textos (262619 leituras)
1 e-livros (1015 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 02:24)
Sônia Maria Cidreira de Farias