Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Bolo

Ôba, hoje vamos ter festa, comenta o bolo recém-saído da forma e ainda quente.

- Do que será que vão me rechear dessa vez? E do que me enfeitarão? Que cor serei? Não vejo a hora de esfriar e estar no centro de uma mesa toda enfeitado sendo o alvo das atenções, mas nem o próprio aniversariante é tão rei quanto eu.

- Ôpa, estou frio, lá vem a confeiteira me cortar ao meio. Mas que cheirinho gostoso! Hoje vou ser recheado de doce de abacaxi com leite condensado. Mas que excelente gosto tem o aniversariante! Hum, estou todo amarelinho, com muito glacê e coco ralado com corante.

- Agora melhorou, já estou sendo a atração principal, estou no meio da mesa com 10 velinhas florescentes que mais tarde me farão a estrela principal deste filme. Ficarei brilhando. Quem sabe vou para Hollywood e ganhar o meu Oscar?

- O tilintar da campainha anuncia que a festa está para começar. O aniversariante Bruno está todo feliz e vestido de bananas de pijama. Agora entendi porque estou todo amarelo.

Bruno comenta:

- Mãe, será que o bolo está tão gostoso quanto parece?

- Claro que estou gostoso seu bobão, ah! Não vejo a hora dos elogios, vou provar para este garoto que sou melhor que ele. De minuto em minuto ouço:

- Onde está o bolo, deixe-me vê-lo.

- Ah! Que lindo. Quem fez?

- Eu sei que sou lindo e quem me fez tem mãos muito doces.

- Mas que tédio, ainda não vieram me cortar. Só conversam, dançam, cantam, falam da vida alheia e é uma tal de bexiga estourando a todo momento, lindo daqui, lindo dali, uma falsidade! Estalar de beijinhos, abracinhos, etc e tal.

- Ôpa, agora melhorou, tem uns bêbados cantando alto demais. Isto significa que vou ser cortado e saboreado. E agora é o melhor da festa.

- Parabéns à você...

- Para quem vai o primeiro pedaço? Diz a mãe do garoto.

- Vou para qualquer um, não vejo a hora de saber como estou.

- Delicioso, mas que delícia, que maravilha, hum! Tá demais.

- Ah! Agora estou radiante, como é bom ser chamado de gostoso, delicioso, todos me querem. Levam-me para cá, para lá e até para casa.

- Está vendo Bruno, como sou muito melhor que você?
Rosemary Arruda
Enviado por Rosemary Arruda em 10/09/2019
Código do texto: T6741944
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosemary Arruda
São Paulo - São Paulo - Brasil
46 textos (425 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/19 09:27)
Rosemary Arruda

Site do Escritor