Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

‘Cigarros e Vinho Tinto’

Há um caminho tão longo a percorrer
E a ansiedade sempre costuma me conter.
Ela age com um toque de medo e insegurança.

Parece que estou dopada.
Sinto como se nenhuma droga pudesse me causar esse efeito.
Eu não tenho as chaves para me libertar
Então, permanecerei só na minha prisão imaginária.

Refrão:
Cigarros e Vinho Tinto.
Sentimentos destuídos e um coração esmagado e dolorido.
Olhos fechados chorando solitários
E as mãos tão distantes dos desejos perdidos.
Os meus sussurros gritam...

Agora só sobra o doce prazer daquilo que não experimentei ainda.
Uma doce melancolia que parece ser minha única companhia.
Mantenho meus gestos e intuições enjaulados.
Pois me perderia neles e em mim mesma se os libertasse.

As horas passam com gosto de lágrimas salgadas
E me arrependo de tudo que não fiz.
Ouço palavras que nunca ouvi
E sinto inexplicáveis emoções que já havia sentido.
Tudo é tão confuso para mim...

Repete – Refrão. (3x)

Eu não consigo dizer a mim mesma
O porquê esse turbilhão de sentimentos me tomou.
Não é a primeira vez que me sinto assim
Tão irrequieta que só um tufão me acalmaria.
Eu não entendo minhas próprias metáforas...

Repete – Refrão. (3x)










Maria Rosa Dias – 11/09/11.
Maria Rosa Dias
Enviado por Maria Rosa Dias em 18/09/2011
Código do texto: T3227279

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Rosa Dias
Araçatuba - São Paulo - Brasil, 32 anos
60 textos (3941 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/03/19 16:42)
Maria Rosa Dias