Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORAÇÃO VADIO




Este meu pobre coração vadio,
que ainda nem sabe o que ele quer,
ele sempre me leva, a seguir desvios,
sempre procura, uma emoção qualquer.

Este meu pobre coração criança,
que ainda não sabe o que ele quer,
quando bate, leva minha esperança
de que não pare num lugar qualquer.

Este meu pobre coração sofrido,
que ainda não sabe para onde vai,
quase nunca ouve este meu gemido,
pelo sofrimento que ele sempre atrai.

Este meu pobre coração moleque,
que nunca aprende a se comportar,
sempre faz de mim, pneu de estepe,
ele só me usa, quando quer me usar.

Este meu pobre coração vadio,
ele em muitas vezes é igual criança,
faz o  meu espírito, ficar bem sofrido,
mas, por ser menino, tenho esperança.

(bis)

Este meu pobre coração vadio,
que ainda nem sabe o que ele quer,
ele sempre me leva, a seguir desvios,
sempre procura, uma emoção qualquer.

.......
 01/11/11VEM









Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 01/11/2011
Código do texto: T3310783

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (122100 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/03/21 04:02)
Vanderleis Maia