Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRENDAS E FLOR

Será que lá vou eu de novo
Pela mesma estrada
Hoje já começo a sentir a tua falta
Pensar em você toda hora
Lembrar do teu sorriso
Hoje já sinto tanto a tua falta

Mesmo sabendo que nada é pra sempre
Que sempre  alguém vai chorar no fim
E que se sofre pra recomeçar
E como se sofre pra recomeçar

Estranho é perceber
Que já não adianta  esconder
Conto as horas pra te encontrar
Já penso em prendas e flor
E te sigo por onde for
Vigio teus planos ...persigo teu olhar

Mesmo sabendo que nada é pra sempre
Fecho os olhos e te vejo em minha frente
E minto quando insisto em negar
É tempo de novo de se entregar

E tudo fica mais bonito....quando você aqui  esta
O tempo voa rápido ....quando você aqui esta
Todo muito é pouco....quando você aqui  esta
Tô pensando em te telefonar.... agora
Sergio Cortes
Enviado por Sergio Cortes em 13/01/2013
Código do texto: T4083156
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Sergio Cortes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sergio Cortes
Uberaba - Minas Gerais - Brasil, 55 anos
108 textos (4674 leituras)
5 áudios (157 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 01:36)
Sergio Cortes