Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TELHADOS DE VIDRO

Menino de rua, sozinho em meio à multidão.
Jogando olhares pidonhos, sufocam olhares medonhos.
Fazendo tremer a cidade confusa, indiscretamente hipócrita!
Trancafiada na sua indiscrição.

Golpes fatais, indignação!
Cidadão!

Ele só quer descansar na rua ao lado
Observar os palácios da cidade,
e seus telhados de vidro
Adormecer num papelão, acordar sorrindo
Com duas simples moedas.

Ser, ser, ser Cidadão!

Telhados de vidro, assistidos
Já não confundem menino
Golpes fatais, indignação!
Com duas moedas apenas
Entra um sorriso em cena
Sobre qualquer papelão

Cidadão! Cidadão!

(Branca Tirollo e Vuldembergue Farias)
limaodoce
Enviado por limaodoce em 19/05/2013
Código do texto: T4299031
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
TELHADOS DE VIDRO - limaodoce
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
limaodoce
São Paulo - São Paulo - Brasil, 64 anos
150 textos (11117 leituras)
6 áudios (274 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/06/19 07:00)
limaodoce