Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
''Deixa Passar''

Não posso acreditar
Que as pessoas
Acuse-nos
Por coisas
Tão banais
Palavras que poderiam
Não existir
Simplesmente não existir
Deixar passar
Como as nuvens
Como o vento
Como as ondas do mar
Tudo na vida passa
Até mesmo o sangue
Que corre nas veias
Que seduz o coração de sangue
Deixa passar
Somos eternos passageiros
Sempre estamos indo
Para algum lugar
E não chegamos em nenhum
Deixa passar
Não levamos nada na vida
Só a vida é que nos leva
Por isso deixa passar

José Aprígio da Silva.
Feito: ano de 84.


JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 10/07/2007
Reeditado em 12/03/2010
Código do texto: T559057


Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 61 anos
1923 textos (183331 leituras)
1 áudios (52 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/04/21 21:07)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA