Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



EMBORA

quando você saiu
porta fechada
estrada ao nunca mais
a minha janela se cobriu de gelo
e
saudade demais

não tinha céu
naquele lugar
ficou tudo escuro
e
o que eu sabia
transformou-se em outro mundo
cheio de pedregulhos

me alimentei de solidão
as lágrimas molhavam o chão
e

o que brotava era um vazio
sem permissão

depois fui me acostumando
a não dar importância
criando outra realidade disfarçada
e
agora já não me entristece em nada

aprendi que tudo passa
e
modifica

a paciência edifica
e
o que ela constrói não foge
e
nasce um jardim por dentro da gente
flores de seres viventes
que jamais saberíamos se o outro
não tivesse ido embora

depois fui me acostumando
a não dar importância
criando outra realidade disfarçada
e
agora já não me entristece em nada

a paciência edifica
e
o que ela constrói não foge

hoje há sol lá fora
e
nem ligo mais
se você foi embora

 
Ene Ribeiro
Enviado por Ene Ribeiro em 10/05/2016
Código do texto: T5630822
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Ene Ribeiro
Goiânia - Goiás - Brasil, 57 anos
18109 textos (291418 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/01/20 09:23)
Ene Ribeiro

Site do Escritor