Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estranho Amor

o teu rosto escode
o sabor do pecado
e os seus olhos me seguem
aonde quer q eu va
a escuridao me provoca
a dor me satisfas
eu naum me entendo
nem te conheço
mas é a tua boca que me deixa em paz

no momento em que te vi
percebi q era prefeita para mim
e quando as lagrimas tocarem seu violao
a certeza tomou conta de mim

estranho amor
que veio da escuridao
nao me importa o q digas
so me importa se me quer ou naum

o seu veneno
acabou com a minha razao
teu egoismo
despedaçou a parte pura do meu coraçao
a escuridao me provocou
a dor me satisfez
agora q ja sei quem és
me deixe em paz

estranho amor
que veio da escuridao
nao me importa o q digas
so me importa se me quer ou naum
Drigo
Enviado por Drigo em 24/08/2007
Código do texto: T621864

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (drigo dias). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Estranho Amor - Drigo
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Drigo
Campos dos Goytacazes - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
47 textos (6945 leituras)
49 áudios (5077 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 07:53)
Drigo