Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sertão

Sem amor
Sem juízo.
Sem segredo
Sem paixão
Sem temor,
Sem ter medo
Sou caboclo
Do sertão...

Sou o grito,
Sou o mito
Imensidão
Sou infinito
Sou a sorte
Sou do norte
Da espada afiada
Sou o corte

Sou a fera,
Sem a bela
Sou prisioneiro
De uma cela.
Sou arte
A maior parte,
Ator principal
De uma novela.

Sem amor
Sem juízo
Sem segredo
Sem paixão
Sem temor
Sem ter medo
Sou caboclo
Do seu sertão...

Da dor, sou
A ferida
Que dói
Pra toda vida
Sou a lágrima
Que cai
Numa triste
Despedida

Do tempo
Sou a hora
Que passa
Sem demora
Sou o instante
Que se foi
Sou a hora,
Sou agora...

Sou a estrada
Que leva a nada
Sou dia esperando
Ser madrugada
Sou a neve,
O peso mais leve,
Mais um torcedor
Na arquibancada...

Sem amor
Sem juízo
Sem segredo
Sem paixão
Sem temor
Sem ter medo
Sou caboclo
Do seu sertão...

MANNO RIBAS Oficial
Enviado por MANNO RIBAS Oficial em 14/05/2018
Reeditado em 14/05/2018
Código do texto: T6336635
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MANNO RIBAS Oficial
Barra do Choca - Bahia - Brasil, 27 anos
33 textos (414 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/18 01:47)
MANNO RIBAS Oficial