Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ME PERDOA AMOR




Com medo da responsabilidade do casamento
Naquele triste momento, eu desisti de você
Mas, depois de alguns dias, passei a sentir agonia
Agonia de te perder e sentir esta dor que fiz por merecer

Me desculpe por não ter tido a coragem
Dignidade e prazer de me casar com você
Eu temi perder a minha doce liberdade
Mas, devido a essa fraqueza, findei perdendo você

Me perdoa amor
Sei que te magoei          (Refrão)
Por medo de casar
Eu te abandonei

Estamos separados, cada um para o seu lado
Mas, eu continuo te amando e te desejando
Por isso, te peço, me perdoa, me dê uma chance
Para que eu possa provar o quando eu te amo

Todos nós estamos fadados a cometer algum erro
Porque não somos perfeitos e, por isso, erramos
O que não se admite é a pessoa continuar errando
Eu mudei de opinião, porque eu continuo te amando

Me perdoa amor
Sei que te magoei          (Refrão)
Por medo de casar
Eu te abandonei
Everaldo Barreto de Farias
Enviado por Everaldo Barreto de Farias em 11/07/2018
Código do texto: T6387067
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Everaldo Barreto de Farias
Recife - Pernambuco - Brasil, 61 anos
305 textos (3201 leituras)
13 áudios (750 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/18 01:26)
Everaldo Barreto de Farias