Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Taça de Cristal

Ela pediu para ele ter fé
Ainda que ela não o conheça muito bem
Não sabe como é fingir que está tudo bem
Pois é, difícil permanece de pé
Quando a vida é sempre um ‘porém’
Ele lutou para ter essa fé
Que ela falou com tanto desdém

Pois bem...
E como uma taça de cristal
Nosso coração é feito
Um vidro surreal, com imagens e desejos
Que se entrega a alguém especial
Esperando ser perfeito

Um dia, como todos os belos dias,
As taças se despedaçam
Em tão pequenos pedaços
E era triste aquela despedida
Feita com abraços
O pedaço mais belo é o que sobra no final
A lembrança de que é eterno o brinde da taça de cristal

E ela pediu a ele a fé
Ainda que não soubesse tão bem a história
Que é sobre outra mulher e aquela memória
Pois é, é complicado a fé
Quando acreditamos tanto numa história
Escrevemos do jeito que vier
A paixão e a glória

Pois bem...
E como uma taça de cristal
Nosso coração é feito
Um vidro surreal, com imagens e desejos
Que se entrega a alguém especial
Esperando ser perfeito

Um dia, como todos os belos dias,
As taças se despedaçam
Em tão pequenos pedaços
E era triste aquela despedida
Feita com abraços
O pedaço mais belo é o que sobra no final
A lembrança de que é eterno o brinde da taça de cristal

E talvez ela pudesse compreender a metáfora
Antes de pedir a fé ele
E não fosse cair numa cilada
Agora revertida por ele
Pra que saiba ousar bem uma palavra
Antes de dizer a ele
E assim não desperdiçar mais nada
Nada que pudesse ter com ele
Maycon Batestin
Enviado por Maycon Batestin em 08/09/2007
Código do texto: T643194
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maycon Batestin
São Paulo - São Paulo - Brasil, 33 anos
2645 textos (108286 leituras)
3 e-livros (207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 00:13)
Maycon Batestin