Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Passo por ti e sigo (22/04/2007)

Já não falo mais contigo
Mas aceito esse castigo
Fui eu que errei afinal
Pelos ares de inimigo
Ai passo por ti e sigo
Como num caso banal

Acreditei ser abrigo
Se lançar olhar mendigo
Num encontro casual
Pelos ares de inimigo
Ai passo por ti e sigo
Por ser um amor fatal

Pelo teu amor ardia
Apesar da cobardia
Na dor de te ter perdido
Sonho então falar-te um dia
Mas a vida sempre adia
Por ser um sofrer sentido

Nem todo o amor é verdade
Apesar desta saudade
E da mágoa desta dor
Sonho com sinceridade
Falta-me então a vontade
E escondo a dor deste amor
Joana Benedita Paes
Enviado por Joana Benedita Paes em 14/09/2007
Código do texto: T652270
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Joana Benedita Paes
Portugal, 51 anos
3 textos (33 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 20:22)