Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Samba de Sheik Alá

Criação esplendorosa
Valor maior que viagem de trem antigo
Melhor também que água ardente de botequim
Cachaça velha é pinga boa de São Vicente
Amante do Rei da Espanha
Rainha ou Dama dos Cantadores daqui
Companheira dos Compositores, e dos Poetas e seus Alunos
Velhos Profetas novos Eunucos
Vou seguir o belo trecho, pego o coletivo
Vou rumo ao centro, tenho os meus motivos
Ando empobrecido mas não envelhecido
Sei que sou Curinga e nunca aqui ando perdido
Jogo o meu Baralho sobre a mesa do bar
Vou alado a nado vou sobre o alto mar
Sei que um dia serei um Rei Sheik Alá
Cheio de Tietes com muitos Ás e alguns Valetes
Paulo Poba e Suzana Costa
Enviado por Paulo Poba em 29/12/2018
Código do texto: T6537954
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Poba
Campinas - São Paulo - Brasil, 36 anos
304 textos (3763 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/02/19 21:47)
Paulo Poba